• Youtube
  • Twitter
  • Facebook

Pedradas são inerentes durante a trajetória da nossa vida, desde os tempos bíblicos. O texto de Atos 6 e 7 narra a história de Estevão, um homem cheio do Espírito Santo, cheio da graça de Deus, que pregava o Evangelho, fazia sinais e prodígios e, por isso, foi morto a pedradas. Mas Estevão era um homem forte porque, mesmo morrendo, ele olhava para Jesus. O exemplo deste mártir nos mostra que, para sermos uma pessoa forte, equilibrada espiritual, física e emocionalmente, temos que olhar para Jesus, porque somente com os olhos fixos no Mestre estaremos preparados para as pedradas da vida.

No entanto, temos que nos acostumar com as pedradas, senão a gente não vive, porque, ao longo da vida vamos ouvir críticas, pessoas falando mal do nosso ministério, da nossa família e de tudo que nos pertence. É preciso sabedoria, na hora das pedradas, para responder aqueles que o acusam, porque nem sempre as pessoas conhecem o que você conhece, não vivem o que você vive. Estevão foi acusado até por falsas testemunhas e Satanás sempre vai usar a boca de alguém para dizer mentira a seu respeito. Sempre terá alguém para dizer que você é manipulado por seu pastor, que você é como Judas Iscariotes, que só tinha coragem na frente de Jesus, mas que longe dele, é um traidor.

Todavia, Estevão estava cheio do Espírito Santo. Ele não reclamava das pedradas, apenas olhava para Jesus. Assim, como ele, diante das pedradas e das tribulações da vida, você tem que olhar apenas para Jesus. Podem cair pessoas à sua esquerda ou à sua direita, mas continue com os olhos fixos em Jesus. Se olharmos para governos, pastores e pessoas ao nosso redor, certamente fracassaremos. Entretanto, se olharmos para o Mestre da Vida, não vamos vê-lo assentado, mas de pé. Ele sabe que levamos pedradas, e não está indiferente a essa situação. Creia que Deus o fortalecerá. Que as bênçãos do Senhor sejam sobre você.

Comentários

Nenhum Comentário

Comentário estão bloqueados.