• Youtube
  • Twitter
  • Facebook

Escolher um curso de pós-graduação pode ser uma tarefa difícil para recém-formados, profissionais que já estão no mercado ou para quem decide dar um novo rumo à carreira. De um lado, estão os cursos stricto senso (expressão latina que significa sentido estrito). Estão inclusos nessa categoria os mestrados (que podem ser acadêmicos ou profissionais) e os doutorados. Por outro lado, há também os cursos lato senso (sentido amplo), compostos por especializações e MBAs (do inglês Master in Business Administration).

Em termos gerais, os cursos de especialização são indicados para recém-formados ou para aqueles que querem mudar o ramo de atuação na carreira. O objetivo dessa pós consiste em aprofundar o conhecimento em áreas específicas, a fim de que o profissional seja direcionado na carreira. Esse tipo de pós impulsiona a educação continuada, que pode tanto reforçar a formação do graduado, quanto servir de subsídio para aqueles que querem mudar de atividade, buscando se readequar profissionalmente. Já o MBA é um curso voltado para quem deseja aprimorar seus conhecimentos em administração, com a intenção de otimizar sua visão no universo corporativo. Com uma abordagem sobre as práticas utilizadas em empresas e corporações, a maior parte da demanda do MBA é de empresários, executivos e gestores.

Por conseguinte, os cursos stricto senso são essencialmente voltados para a pesquisa científica, mesmo aqueles concernentes a setores profissionais, e são indicados para quem segue a carreira acadêmica. Contudo, ainda que sejam cursos mais voltados para a área acadêmica, é comum encontrar nesses programas pessoas que só atuem em empresas, pois a inserção de empresas estrangeiras no Brasil tem gerado uma cultura de valorização de mestres e doutores no quadro de funcionários. “O aluno de uma pós stricto sensu adquire um nível de conhecimento mais aprofundado, uma vez que estes cursos são bastante exigentes do ponto de vista acadêmico, estimulando a reflexão teórica”, diz Lívio Amaral, diretor de avaliação da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

Dessa forma, no mestrado acadêmico, o objetivo é ampliar o conhecimento sobre um tema inerente à pesquisa científica e incentivar à reflexão teórica; no mestrado profissional, embora o aluno esteja habilitado a prosseguir na carreira acadêmica, o foco dessa área está no mercado de trabalho, sendo útil no dia a dia profissional; o doutorado forma pesquisadores e professores, abordando temas mais complexos e avançados em relação ao mestrado.

Basicamente, a seleção para um curso de pós-graduação stricto senso ocorre por meio de cinco etapas: prova escrita, exame de proficiência em uma língua estrangeira, análise do anteprojeto, análise de currículo e entrevista. A partir do segundo semestre, as instituições de ensino superior costumam iniciar o período de inscrição para que os interessados concorram às vagas oferecidas para o ano subsequente.

Portanto, se você é formado e pretende dar sequência aos seus estudos, fique atento aos sites das universidades, por meio dos quais são divulgados os prazos para inscrição nos cursos de pós-graduação. Veja também, no quadro, os detalhes dos programas e aproveite a oportunidade para expandir seus horizontes.

 

tabela-texto

 

Anna Rodrigues
Com informações dos sites UOL (educação.uol.com.br) e Guia do Estudante (guiadoestudante.abril.com.br)
Foto: Arquivo da Internet

Comentários

Nenhum Comentário

Comentário estão bloqueados.