• Youtube
  • Twitter
  • Facebook

Clínica Jardim de Deus – Cuidando da alma e do corpo

pedro-texto“Cura e libertação por meio do conhecimento”. É a definição dada pelo pastor Pedro Ricardo sobre o que acontece na Clínica Jardim de Deus. Pai de Raphael e de Daniela, e avô de Laryssa e Diego Henrique, o pastor Pedro, que há mais de um ano responde pela coordenação administrativa e operacional da Clínica, afirma que esse é um trabalho cujos benefícios alcançam tanto os participantes, quanto os pastores e voluntários que se dedicam a essa obra. Nesta entrevista, Pedro Ricardo revela detalhes importantes sobre a Clínica Jardim de Deus. Acompanhe.

GetNews – Como você conheceu a Clínica Jardim de Deus?
Pr. Pedro – Foi por meio da minha irmã, a pastora Gislene Gomes, que me convidou para ir à Clínica em uma época que eu pertencia a outro ministério, onde eu implantaria o trabalho. Quando cheguei, além de me identificar muito com a Getsêmani, o casal de pastores Sílvio e Geisiane Santana, que eram os responsáveis pela Clínica, convidaram-me para que eu integrasse o grupo. Depois disso, o pastor Alexander Costa assumiu como líder espiritual e eu como líder administrativo e operacional. Graças a Deus, essa parceria já tem mais de um ano e tem dado muito certo.

GetNews – Como funciona a Clínica Jardim de Deus?
Pr. Pedro – Nós nos reunimos uma vez por mês no Sítio Jardim de Deus, próximo à Sede Campestre. Oferecemos translado ida e volta, alimentação completa, hospedagem e ministrações que versam sobre: Paternidade, Perdão, Laços de Alma, Raízes de Iniquidade, Rejeição, Quebra de Sentenças, Temor do Senhor, Orfandade, Quebrantamento, Os 7 Espíritos de Deus e Identidade. Nosso trabalho basicamente conscientiza sobre o que é pecado, transgressão e raízes de iniquidade geracionais, priorizando a libertação pelo conhecimento, pois, Oséias 4.6 adverte que o povo é destruído pela falta de conhecimento. Temos a melhor logística e o melhor banquete espiritual.

GetNews – Qual o público alvo da Clínica?
Pr. Pedro – Nosso objetivo é alcançar todos os níveis, gêneros e públicos. Homens, mulheres, adolescentes, pais, mães, filhos. Qualquer que seja a condição ou a idade, estamos preparados para atender. Inclusive, a Clínica deveria ser feita mais de uma vez, pois lá se recebem muitas informações em um espaço de três dias. Por isso, mesmo quem já fez a Clínica uma vez, deveria repetir, pois a libertação vem de dentro para fora e é um processo contínuo.

GetNews – Quais os projetos futuros?
Pr. Pedro – Em dezembro de 2015 tivemos uma clínica feita apenas para jovens e adolescentes. Foi um sucesso! Como vimos que deu muito certo, pretendemos fazer outras clínicas especializadas, como a que vamos fazer em breve, para a mocidade, que pretende alcançar jovens com média de idade de até 30 anos. Já estudamos a viabilidade desse projeto com o pastor Marcos Roberto, líder da Juventude, pois consideramos a parceria com o grupo imprescindível para que o trabalho dê certo.

GetNews – Quais resultados práticos estão sendo colhidos?
Pr. Pedro – Temos recebido vários testemunhos, inclusive de pastores que, após fazerem a Clínica, afirmam que foram surpreendidos pela profundidade do alcance da Palavra de Deus, bem como, se demonstraram surpresos pela astúcia de Satanás, que se aproveita de brechas do passado que formam cadeias reproduzidas até o presente. A Bíblia afirma que o Senhor visita a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira ou quarta geração e nós trabalhamos para que as pessoas sejam despertadas para essa realidade e para o peso dessas palavras. Para quem tem, por exemplo, problemas de relacionamento, precisa liberar perdão ou se tem histórico de raízes de iniquidade na família, participar da Clínica Jardim de Deus. A Clínica não é despesa, mas um investimento, para a pessoa.

Participe da próxima Clínica Jardim de Deus, de 17 a 19 de junho.

Inscrições e informações: no Espaço Gospel, às terças, quintas e domingos, ou na Casa da Família (31) 3347-6732 ou diretamente com o pastor Pedro (cliniacajardimdedeus@gmail.com ou 99981-9597).

Anna Rodrigues

Comentários

Nenhum Comentário

Comentário estão bloqueados.